EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

EUA preparam envio de bateria de mísseis para a Ucrânia

Sistema de defesa Patriot, Alemanha
Sistema de defesa Patriot, Alemanha Direitos de autor Axel Heimken/(c) Copyright 2022, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Direitos de autor Axel Heimken/(c) Copyright 2022, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Euronews com LUSA
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sistema de defesa antiaérea é um dos mais avançados do mundo. Kiev pede mais armas e volta a ser bombardeada.

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos da América estão disponíveis para enviar o sistema de defesa aéreaPatriot à Ucrânia, depois de os líderes ucranianos terem apelado ao envio de mais armas contra a Rússia.

Em causa está o desbloqueio de um dos mais avançados equipamentos proveniente das reservas da defesa norte-americana. A decisão deverá ser aprovada no final desta semana e anunciada até à próxima terça-feira.

Pat Ryder, porta-voz do Pentágono, revelou, esta terça-feira, que todo o inventário relativo à segurança e capacidades defensivas do país será analisado com vista a dar uma resposta às necessidades colocadas pela guerra

Em Kiev, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, agradece o esforço, mas garante ser ainda insufciente. Kuleba pede aos aliados "mais armas e munições", bem como "sistemas de defesa aérea e veículos blindados" para "lutar durante o inverno", porque, acrescentou, "a melhor maneira de proteger os civis do terror russo é derrotando a Rússia"

Moscovo já respondeu à iniciativa com mais bombardeamentos. A capital ucraniana acordou em sobressalto esta madrugada, com ataques no centro da cidade.

A embaixadora do Reino Unido na Ucrânia, Melinda Simmons, registou o momento no Twitter, onde disse que estava "a afastar-se das janelas e a ouvir explosões no exterior".

As autoridades registaram danos provocados por drones em dois edifícios do bairro de Shevchenkivskyi. Aos habitantes foi ordenado que se refugiassem em abrigos subterrâneos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia pede mais gás ao G7

UE promete mais 2000 milhões de euros à Ucrânia

Maior hospital pediátrico de Kiev alvo de ataque russo