EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Irão expulso da Comissão de Mulheres da ONU

Protestos no Irão
Protestos no Irão Direitos de autor AP Photo/Vahid Salemi
Direitos de autor AP Photo/Vahid Salemi
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Resolução da autoria dos Estados Unidos foi assinada por vários países

PUBLICIDADE

O Irão foi expulso esta quarta-feira da Comissão sobre o Estatuto da Mulher das Nações Unidas (ONU), um fórum em que participam 45 países e ao qual Teerão aderiu há apenas nove meses.

A resolução da autoria dos Estados Unidos, e que foi assinada por vários países, foi votada no Comité Económico e Social da ONU. No total, 29 países votaram a favor, oito contra e 16 abstiveram-se.

A proposta foi muito criticada pelo Irão, que falou de uma iniciativa ilegal e sem precedentes, e por países como a Rússia, China, Nicarágua e Bielorrússia, que a classificaram como uma decisão política.

As mulheres iranianas estão no centro da maior revolta social dos últimos anos no Irão. Os protestos depois da morte de Mahsa Amini espalharam-se por todo o país, apesar de terem sido brutalmente reprimidos. Segundo várias Organizações não Governamentais, mais de 400 pessoas foram mortas, mais de 2 mil foram presas e 11 foram condenadas à morte.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Assembleia Geral da ONU aprova "trégua" em Gaza; Israel e EUA votam contra

Conselho de Segurança sem unanimidade mas Irão marca posição na ofensiva do Hamas

EUA acusam Moscovo de colocar em risco segurança alimentar global