EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Uganda levanta parcialmente o confinamento

Surto de ébola no Uganda
Surto de ébola no Uganda Direitos de autor AP
Direitos de autor AP
De  Euronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É o fim das restrições contra o ébola em dois bairros centrais

PUBLICIDADE

As autoridades do Uganda levantaram no sábado o bloqueio em dois distritos que estiveram no epicentro de um surto de ébola no país.

Os distritos de Mubende e Kassanda foram confinados pelo presidente a 15 de outubro, com recolher obrigatório noturno, proibição de movimentos e o encerramento de mercados, bares e igrejas. Desde 20 de setembro, este país da África Oriental registou 142 casos confirmados e 56 mortes.

Numa declaração transmitida na televisão, a vice-presidente do país explicou que o levantamento das restrições acontece por causa dos progressos registados, e tento em conta que, atualmente, não existe transmissão, contatos a serem monitorizados e nenhum paciente isolado.

A decisão acontece depois dos funcionários locais terem apelado para o levantamento do bloqueio e para o governo prestar assistência às pessoas afetadas pelas medidas restritivas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que o país "começou a contagem decrescente" até ao fim da epidemia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Museveni reeleito para sexto mandato no Uganda

16 pessoas mortas em confrontos no Uganda

Guerra em Gaza: quase 27.000 mortos e 66.000 feridos