EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Foi divulgado o relatório da investigação sobre o ataque ao Capitólio

Manifestação de apoiantes de Donald Trump, próximo do Capitólio, 6 de janeiro de 2021
Manifestação de apoiantes de Donald Trump, próximo do Capitólio, 6 de janeiro de 2021 Direitos de autor AP Photo/John Minchillo
Direitos de autor AP Photo/John Minchillo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Comissão do Congresso dos EUA que investigou o ataque ao Capitólio divulgou o relatório esta quinta-feira. O documento aponta o dedo a Donald Trump

PUBLICIDADE

O relatório da Comissão do congresso dos Estados Unidos que investigou o assalto ao Capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, foi divulgado esta quinta-feira. O documento aponta o dedo acusador ao ex-presidente, concluindo que Donald Trump "acendeu o rastilho" do ataque massivo.

Nesse mesmo dia, num comício em Washington, próximo do Capitólio, Donald Trump disse: "Vamos descer a pé - vem que quiser - mas penso que aqui mesmo, vamos descer a pé até ao Capitólio".

O documento acusa o derrotado da eleição presidencial de envolvimento criminal numa "conspiração multipartidária" para anular os resultados legais das eleições presidenciais de 2020.

Cinco pessoas perderam a vida naquele fatídico 6 de janeiro.

A Comissão já tinha recomendado que o Departamento de Justiça dos EUA investigasse Trump pelos crimes de incitação à insurreição, obstrução de um processo oficial do Congresso, tentativa de fraude contra os Estados Unidos, e conspiração para submeter falsos testemunhos eleitorais ao Congresso e aos Arquivos Nacionais.

As recomendações não são vinculativas, mas são fortemente simbólicas. É a primeira vez que é exigida a responsabilização criminal de um ex-presidente, nos Estados Unidos da América.

Aceda aqui ao texto integral do relatório

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ex-líder dos Proud Boys condenado a 22 anos de prisão por ataque ao Capitólio

Líder de milícia extremista condenado a 18 anos de prisão

Congresso divulga declarações fiscais de Trump