EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Kiev novamente bombardeada

Socorrista em frente a hotel danificado por bombardeamento em Kiev
Socorrista em frente a hotel danificado por bombardeamento em Kiev Direitos de autor AP Photo/Felipe Dana
Direitos de autor AP Photo/Felipe Dana
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Zelenskyy diz que foram abatidos 45 drones de fabrico iraniano durante os ataques do Ano Novo

PUBLICIDADE

A capital ucraniana foi novamente visada na madrugada desta segunda-feira por um ataque aéreo russo, depois de um dia de Ano Novo marcado por dezenas de bombardeamentos que fizeram vários mortos em Kiev e noutros pontos do país.

As autoridades militares aconselharam a população a manter-se abrigada, apesar de indicarem que o sistema de defesa antiaérea está a funcionar.

No ataque desta madrugada terão sido novamente usados drones Shahed. Segundo o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy, 45 destes drones de fabrico iraniano foram abatidos por mísseis ucranianos durante os bombardeamentos do Ano Novo.

O ministério da Defesa russo afirmou, por seu lado, ter visado instalações militares destinadas à contrução de drones ucranianos.

O Instituto para o Estudo da Guerra, baseado nos Estados Unidos, acredita que as forças russas terão problemas para manter o ritmo nas operações da linha da frente face à redução das reservas de munições, que poderão começar a esgotar-se em março.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa

Rússia captura aldeia na região de Donetsk

Ataque russo com mísseis faz seis mortos em subúrbio de Kharkiv