EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Bélgica garante energia nuclear até 2035

Bélgica garante energia nuclear até 2035
Bélgica garante energia nuclear até 2035 Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruxelas faz marcha atrás nos planos para deixar a energia nuclear até 2025 devido à crise energética resultante da guerra na Ucrânia

PUBLICIDADE

A Bélgica chegou a acordo com a Engie para prolongar em dez anos a vida de dois reatores nucleares, fazendo marcha-atrás na decisão de colocar um ponto final à energia nuclear no país até 2025. A decisão foi motivada pela crise energética resultante da guerra na Ucrânia.

Apesar dos Verdes serem um dos partidos da coligação governamental, e da saída do nuclear ter sido uma das suas exigências, o primeiro-ministro belga, Alexander de Croo, defende a medida:

"Trata-se de uma forma de produção de energia extremamente eficaz, que não produz gases com efeito de estufa e onde o estado belga se assume como um parceiro importante. No passado, dizia-se com frequência que as decisões relativas à política energética da Bélgica eram tomadas no estrangeiro, noutras capitais europeias. Com esta medida, estas decisões voltam a ser tomadas no nosso país."

Os dois reatores em questão passarão a ser geridos em partes iguais pelo governo belga e pelo gigante da energia.

De acordo com o operador que gere a rede elétrica da Bélgica, sem este acordo o fornecimento de eletricidade no país estaria seriamente comprometido para os invernos de 2026 e 2027.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Produção energética eólica e solar quebrou recordes no ano passado

Empresas de energia obtêm lucros elevados em 2022

Kremlin anuncia exercícios com armas nucleares táticas após "comentários provocatórios" do ocidente