EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Inaugurado segundo terminal de gás natural liquefeito na Alemanha

Segundo terminal de gás natural liquefeito serve para ajudar a Alemanha a reduzir a dependência da energia russa
Segundo terminal de gás natural liquefeito serve para ajudar a Alemanha a reduzir a dependência da energia russa Direitos de autor Michael Sohn/Associated Press
Direitos de autor Michael Sohn/Associated Press
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chanceler alemão presidiu à cerimónia em Lubmin, na costa do mar Báltico. Iniciativa faz parte da tentativa de a Alemanha reduzir a dependência das fontes de energia da Rússia

PUBLICIDADE

A Alemanha conta, a partir deste sábado, com o segundo terminal de gás natural liquefeito (GNL).

O chanceler alemão, Olaf Scholz, presidiu à cerimónia de inauguração em Lubmin, na costa do mar Báltico, no noroeste do país.

O terminal está pensado para reduzir a dependência das fontes de energia da Rússia.

Um fardo pesado do qual a Alemanha se tenta libertar desde o início da guerra na Ucrânia.

De forma a evitar uma crise energética ainda mais grave foram também reativadas algumas centrais nucleares no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Finlândia atribui fuga no gasoduto BalticConnector a ato de sabotagem

Naftogaz pede fim do gás russo na UE e ajuda para ser grande exportador

Comissão Europeia vai propor a extensão da redução do consumo de gás