Cúmplices do ataque em Viena aguardam veredito

O ataque aconteceu num bairro repleto de bares.
O ataque aconteceu num bairro repleto de bares. Direitos de autor Matthias Schrader/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Seis homens foram acusados de ajudar o atirador Kutjim Fejzulai

PUBLICIDADE

Chega ao fim o julgamento em Viena de seis homens acusados de envolvimento no tiroteio que decorreu em novembro de 2020 na capital austríaca e que fez quatro mortos. 

Segundo a acusação, os réus que devem conhecer o veredito esta quarta-feira terão ajudado ou influenciado o atacante, Kutjim Fejzulai, seguidor dos preceitos do grupo Estado Islâmico. Um deles é acusado de fornecer armas ao atirador.

O ataque aconteceu num bairro repleto de bares. Fejzulai utilizou uma kalashnikov para abrir fogo sobre os transeuntes. Mais de vinte pessoas ficaram feridas

O atacante, que tinha dupla nacionalidade - austríaca e da Macedónia do Norte, foi abatido pelas autoridades.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Suspeitos de ataque a igreja na Turquia detidos

Polícia do Equador detém quase 70 membros de gangue que tentavam controlar hospital

Irão dispara mísseis contra consulado dos EUA em região curda do Iraque