Netanyahu enfrenta nova manifestação em massa contra reforma do sistema judicial em Israel

Protesto em Israel
Protesto em Israel Direitos de autor Tsafrir Abayov/Copyright 2023 The AP All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo de extrema-direita israelita quer retirar poder aos tribunais, quando o próprio primeiro-ministro enfrenta julgamento por corrupção.

PUBLICIDADE

Sem dar tréguas ao governo de Benjamin Netanyahu, dezenas de milhares de pessoas voltaram às ruas, este sábado, em Israel. Nas cidades de Telavive, Jerusalém e Haifa os manifestantes contestaram em uníssono a reforma do sistema judicial prometida pelo governo. 

A oposição israelita teme a retirada de poder aos tribunais e a interferência na seleção de juízes, quando o próprio primeiro-ministro se vê a braços com um julgamento por corrupção

Ainda esta quinta-feira, foi conhecida uma carta enviada pelaprocuradora-geral de Israel, Gali Baharav-Miara, ao primeiro-ministro, onde aconselhava a "evitar intervir em iniciativas ligadas ao sistema judicial”, tendo em conta os processos em que vê atualmente envolvido levantarem “uma preocupação razoável de que possa surgir um conflito de interesses”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças israelitas retiram tropas do sul de Gaza e preparam operação em Rafah

Israel não está a fazer o suficiente para proteger civis, afirmam a ONU e a UE

Israel demite dois oficiais pelos ataques contra trabalhadores humanitários em Gaza