EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

A esperança e alívio que surge dos destroços

Resgate de bebé em Malatya, Turquia
Resgate de bebé em Malatya, Turquia Direitos de autor DIA Images/DIA Images
Direitos de autor DIA Images/DIA Images
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A esperança e alívio que surge dos destroços. Bebé de dois meses foi resgatado depois de 29 horas entre os escombros

PUBLICIDADE

Os terramotos que deixaram um rasto de destruição na Turquia e Síria, provocaram desgosto mas também momentos de esperança e alívio.

Um bebé de dois meses foi resgatado depois de resistir 29 horas entre os escombros de um edifício que desmoronou na cidade turca de Hatay

Numa outra operação de resgate, ao espreitar por uma pequena brecha, as equipas de salvamento veem um sobrevivente ... é um homem de 62 anos. Outros membros da família já tinham sido resgatados. No total, sete pessoas estavam em casa, a dormir, quando foram apanhadas pelos sismos de segunda-feira. Durante horas, debaixo dos escombros, tinham falado entre si, encorajando-se.

Noutra zona, entre montanhas de destroços, uma mulher chama pela família. Face a tanta destruição e ausência de resposta, avança a sensação de desespero.

Hora após hora, é com as próprias mãos que as pessoas fazem as buscas entre os edifícios ruídos. Entretanto, esperam que as equipas de resgate cheguem com equipamento especializado.

Ninguém desiste, apesar da enorme tarefa e de uma série de réplicas. De momento, a prioridade é a vida, há pouco tempo para lamentar

Um sobrevivente disse: "Há, agora, mais pessoas debaixo dos escombros do que as que se encontram acima".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Erdogan: "Impossível estar preparado para enfrentar um desastre como este"

Pilhagens nas zonas dos sismos na Turquia e na Síria

Líderes dos rivais regionais Grécia e Turquia reúnem-se para estreitar relações