EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dorin Recean é o novo primeiro-ministro da Moldávia

Dorin Recean
Dorin Recean Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A decisão da presidente Maia Sandu acontece depois da inesperada demissão de Natalia Gavrilita, que estava há 18 meses na chefia do Executivo

PUBLICIDADE

A presidente da Moldávia escolheuDorin Recean para liderar o governo do país. Esta sexta-feira, Maia Sandu explicou que o partido no poder, o Partido de Ação e Solidariedade, tinha aceitado a sua escolha.

O economista de 48 anos, que ocupou o cargo de ministro do Interior entre 2012 e 2015, tem duas semanas para formar um novo governo, que será presentado ao parlamento para votação.

Nas primeiras declarações, disse que iria "proceder imediatamente" à constituição de um novo governo e reforçar o setor da segurança "de tal forma que todos se sintam seguros".

Demissão de Natalia Gavrilita

A decisão de Maia Sandu contece depois da inesperada demissão de Natalia Gavrilita, que estava há 18 meses na chefia do Executivo. Numa conferência de imprensa, Gavrilita disse que o seu governo "teria sido capaz de avançar mais e mais rapidamente" se tivesse obtido o mesmo apoio e confiança a nível interno que obteve de outros países europeus.~

A estreia de Gavrilita foi marcada por uma longa série de problemas, como a grave crise energética  depois de Moscovo ter reduzido drasticamente os fornecimentos à Moldávia e uma inflação vertiginosa na sequência da invasão russa da vizinha Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Preço do gás recua na Moldávia

Terceira conferência de ajuda à Moldávia para combater o "inverno russo"

Blinken reafirma apoio dos EUA à Moldova face à crescente ameaça russa