Putin recebe Assad e reafirma apoio na reconstrução da Síria

Bashar al Assad e Vladimir Putin
Bashar al Assad e Vladimir Putin Direitos de autor Vladimir Gerdo/Sputnik
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O encontro em Moscovo também serviu para abordar uma reconciliação entre Damasco e Ancara

PUBLICIDADE

Numa reunião, esta quarta-feira, em Moscovo, os presidentes russo e sírio reafirmaram as relações estratégicas dos seus países. A conversa entre os dois líderes centrou-se na reconstrução da Síria após 12 anos de guerra civil, no restabelecimento das relações entre Damasco e a Turquia, aliada da Rússia, e na ajuda às vítimas do terramoto que abalou a Síria no início de fevereiro.

"Nós, como verdadeiros amigos, tentamos apoiá-los. Como sabem, as nossas unidades do Ministério de Emergência estiveram lá. Representantes das Forças Armadas estacionadas na Síria também contribuem para a superação das consequências do terramoto", declarou Vladimir Putin depois do encontro.

A Síria é um dos poucos países a apoiar a invasão russa da Ucrânia, e Bashar al Assad reafirmou o seu apoio.

“Gostaria de aproveitar a oportunidade da minha visita à Rússia, pouco depois de ser assinalado o primeiro ano da guerra na Ucrânia, para reafirmar a posição da Síria sobre esta guerra e contra o novo nazismo", afirmou Assad.

O apoio militar de Moscovo às forças de Assad ajudou o governo da Síria contra os rebeldes. Em troca, Damasco apoia agora a Rússia face à condenação internacional generalizada da invasão da Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque aéreo provoca várias vítimas mortais num mercado no noroeste da Síria

Síria regressa à Liga Árabe

Presidente sírio critica Ocidente por manter sanções contra o país