Ataques de Bruxelas: Tribunal começou o interrogatório dos acusados

Agente da polícia na sala de audiências durante o julgamento dos ataques de Bruxelas
Agente da polícia na sala de audiências durante o julgamento dos ataques de Bruxelas Direitos de autor AP Photo/John Thys, Pool
De  Luis GuitaEuronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ataques de Bruxelas: Tribunal começou o interrogatório dos acusados. Em Março de 2016, ataques terroristas no aeroporto e metro da capital belga provocaram trinta e dois mortos e centenas de feridos.

PUBLICIDADE

Algemados e fortemente escoltados pelas forças da lei, foi assim que compareceram na sala de audiências os nove alegados jihadistas a serem interrogados por um tribunal de Bruxelas

São acusados de participar nos maiores ataques que a Bélgica sofreu em tempo de paz. Ocorreram em Março de 2016 e provocaram trinta e dois mortos e centenas de feridos.

Esta é a primeira vez que são interrogados pelo juiz, embora o julgamento tenha começado em Dezembro passado e esteja agendado para durar até ao Verão.

Entre outros crimes, são acusados de homicídio, tentativa de homicídio e de filiação ou participação em atos de um grupo terrorista.

 Os atentados suicidas atingiram o aeroporto de Bruxelas e a linha de metro da capital belga durante a hora de ponta.

Os arguidos incluem Salah Abdeslam, que foi condenado a prisão perpétua em França pelo papel nos atentados de Paris em Novembro de 2015.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bélgica presta homenagem às vítimas dos ataques de Bruxelas

Homenagem na Europa às vítimas dos ataques de Bruxelas

Responsáveis dos atentados de Bruxelas condenados a pesadas penas