O impacto da guerra na vida das crianças ucranianas

A guerra afeta todos os aspetos da vida das crianças
A guerra afeta todos os aspetos da vida das crianças Direitos de autor Alexei Alexandrov/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Alexei Alexandrov/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de 500 crianças foram mortas na Ucrânia desde que a guerra começou. Cerca de mil ficaram feridas e traumatizadas. Estes são apenas os dados confirmados pelas autoridades do país e organizações internacionais, mas o número real de vítimas, segundo estimativas das ONGs, é muito maior.

PUBLICIDADE

Mais de 500 crianças foram mortas na Ucrânia desde que a guerra começou. Cerca de mil ficaram feridas e traumatizadas. Estes são apenas os dados confirmados pelas autoridades do país e organizações internacionais, mas o número real de vítimas, segundo estimativas das ONGs, é muito maior.

Segundo a UNICEF, a maioria das crianças foi vítima de rockets e fogo de artilharia russos. Minas e munições não detonadas são outra ameaça.

"Todas as semanas recebemos informações de crianças que apanham brinquedos, que são afinal explosivos. Mas quando estamos a falar de 30% do país contaminado, provavelmente levará anos a erradicar as minas terrestres. Enquanto isso, organizações como a Save the Children tentam consciencializar sobre os riscos das minas, que é trabalhar com crianças, seus professores e pais e mostrar-lhes exemplos de como são as minas terrestres para que possam evitá-las", diz Sonya Khush, diretora da "Save the Children" para a Ucrânia.

A guerra afetou todos os aspetos das vidas das crianças. Muitas crianças ucranianas não vão à escola há três anos, no que se inclui dois anos de pandemia. A ajuda psicológica é urgente.

"Infelizmente, uma das coisas que aprendemos com nosso trabalho é que se deve abordar a saúde mental e o impacto psicológico do conflito nas crianças à medida que as coisas estão a acontecer, porque se não o fizermos e deixarmos o trauma estabelecer-se nas crianças, torna-se o que chamamos de stress tóxico. É um termo clínico e basicamente significa que o stress pode acumular-se no corpo de uma criança e afetá-la até a idade adulta",afirma Sonya Khush, diretora da "Save the Children" para a Ucrânia.

Segundo Moscovo, 730 mil crianças ucranianas foram para a Rússia, que as considera refugiados. Mas a comunidade internacional e a Ucrânia diz que foram deportadas ilegalmente. O Tribunal Penal Internacional emitiu mandados de captura para o presidente Vladimir Putin e Maria Lvova-Belova, comissária russa para os direitos das crianças.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Estado da União": Rússia procura aliados contra "Ocidente coletivo"

Ataques russos na Ucrânia fazem pelo menos oito mortos

Ucrânia diz ter abatido bombardeiro russo de longo alcance