China centra as atenções dos chefes da diplomacia do G7 reunidos no Japão

Chefes da diplomacia do G7 reunidos no Japão
Chefes da diplomacia do G7 reunidos no Japão Direitos de autor Kim Kyung-Hoon/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

China e os desafios regionais foram o foco da primeira sessão da reunião de três dias que os ministros dos Negócios Estrangeiros do G7 realizam no Japão

PUBLICIDADE

Os Ministros dos Negócios Estrangeiros do G-7 estão no Japão para uma reunião de três dias para discutir uma série de desafios que vão desde a guerra Rússia-Ucrânia até à crescente influência da China.

A primeira sessão de segunda-feira centrou-se precisamente na China e nos desafios regionais.

Na ordem do dia também estão o desarmamento nuclear, a segurança alimentar, e as alterações climáticas.

"A comunidade internacional encontra-se agora num ponto de viragem histórico, pelo que rejeitaremos firmemente quaisquer tentativas unilaterais de alterar o status quo pela força, a agressão da Rússia contra a Ucrânia, bem como a sua ameaça de utilização de armas nucleares. Ao fazê-lo, demonstraremos ao mundo a forte determinação do G7 em manter a ordem internacional baseada no Estado de direito," declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Yoshimasa Hayashi, na abertura.

As discussões vão preparar o palco para uma cimeira dos líderes do G-7 de 19 a 21 de Maio em Hiroshima, onde o primeiro-ministro japonês espera lançar a sua visão de assinatura de um mundo sem armas nucleares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cimeira UE-Japão põe fim à proibição de importar produtos de Fukushima

Ucrânia pede mais gás ao G7

União Europeia, G7 e Austrália limitam preço do petróleo russo