EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Marcha dos Vivos recorda vítimas do Holocausto na Hungria

Marcha dos Vivos recorda vítimas do Holocausto na Hungria
Marcha dos Vivos recorda vítimas do Holocausto na Hungria Direitos de autor Zoltan Balogh/MTI - Media Service Support and Asset Management Fund
Direitos de autor Zoltan Balogh/MTI - Media Service Support and Asset Management Fund
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Marcha dos Vivos em Budapeste recordou as vítimas do Holocausto na Hungria durante a Segunda Guerra Mundial

PUBLICIDADE

No Domingo, a capital da Hungria, Budapeste, assinalou o dia da memória das vítimas húngaras do Holocausto.

A Marcha dos Vivos prestou homenagem aos prisioneiros nos campos de concentração durante a Segunda Guerra Mundial.

Os participantes percorreram uma distância de 1,9 km ligando dois memoriais no centro da capital.

O evento começou com discursos, poemas e canções.

"Parte desta Marcha é comemorar, educar e recordar, parte desta marcha é agir e rededicar. Rededicando-nos, para ganhar força para nos envolvermos com aqueles com quem discordamos, e fazer frente àqueles que visam os vulneráveis, àqueles que são levados pelo ódio oportunista, que usam a nossa individualidade sagrada para dividir, para marginalizar, para desumanizar", disse o embaixador dos EUA na Hungria, David Pressman. 

fazer frente àqueles que visam os vulneráveis, àqueles que são levados pelo ódio oportunista, que usam a nossa individualidade sagrada para dividir, para marginalizar, para desumanizar
David Pressman
Embaixador dos EUA na Hungria

A Coordenadora da Comissão Europeia para o combate ao anti-semitismo, Katharina von Schnurbein, foi a convidada de honra do evento.

Os organizadores consideram importante contar com a presença do maior número possível de sobreviventes do Holocausto que foram conduzidos em carros elétricos durante o cortejo.

A correspondente da euronews Rita Kónya acompanhou a Marcha:

"No dia seguinte à comemoração de Budapeste, 155 pessoas da Hungria viajarão para a Polónia para participarem na Marcha Internacional dos Vivos a 18 de Abril, onde se espera a participação de cerca de 10 mil participantes provenientes de 54 países", disse.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A Marcha dos Vivos para dizer "nunca mais" e homenagear as vítimas do Holocausto

Budapeste acolhe "Marcha dos Vivos" por entre tensões antissemitas

Calor extremo obriga Hungria a ativar alerta vermelho e coloca em risco pessoas que vivem na rua