Marcha dos Vivos lembra vítimas do Holocausto

Marcha dos Vivos em Auschwitz
Marcha dos Vivos em Auschwitz Direitos de autor Michal Dyjuk/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Este ano, cerca de 50 sobreviventes participaram na marcha em Auschwitz-Birkenau

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas participam na Marcha dos Vivos, o evento anual que recorda as vítimas e sobreviventes do Holocausto, realizado em Auschwitz-Birkenau, o maior campo de concentração nazi, no sul da Polónia.

Este ano, a marcha coincidiu com os 80 anos da Revolta do Gueto de Varsóvia e com os 75 anos da criação do Estado de Israel. Cerca de 50 sobreviventes participaram na marcha.

As forças alemãs estabeleceram Auschwitz depois de terem invadido e ocupado a Polónia durante a Segunda Guerra Mundial, e aí mataram mais de 1 milhão de pessoas, a maioria judeus.

Phyllis Greenberg Heideman, a presidente da marcha, disse que os jovens têm a responsabilidade de levar avante a memória das testemunhas"Eles serão a voz daqueles que já não têm voz quando virem e compreenderem o que aconteceu no passado", afirmou.

Israel lembra vítimas do Holocausto

Os israelitas cumpriram um minuto de silêncio em memória dos 6 milhões de judeus vítimas do Holocausto. Um terço dos judeus de todo o mundo foi assassinado durante a II Guerra Mundial.

O presidente Isaac Herzog e o primeiro - ministro Benjamin Netanyahu participaram numa cerimónia no memorial oficial de Israel para lembrar as vítimas judaicas do Holocausto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A Marcha dos Vivos para dizer "nunca mais" e homenagear as vítimas do Holocausto

Marcha dos Vivos recorda vítimas do Holocausto na Hungria

Memorial às Vítimas do Holocausto no Rio de Janeiro