Varsóvia confisca liceu russo apelidado de "ninho de espiões"

Estabelecimento destinava-se ao ensino de filhos do corpo diplomático russo
Estabelecimento destinava-se ao ensino de filhos do corpo diplomático russo Direitos de autor Czarek Sokolowski/Copyright 2018 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo polaco tinha ordenado restituição do imóvel há mais de um ano. Moscovo garante que vai ripostar

PUBLICIDADE

A Rússia promete retaliar contra a Polónia, após a confiscação do liceu russo em Varsóvia. A apreensão do edifício decorreu em nome da Câmara Municipal. 

As autoridades polacas mandaram os funcionários retirar e levar os seus pertences, tomando posse de um estabelecimento que se destinava ao ensino de filhos do corpo diplomático russo.

Como tem sido habitual, o antigo presidente russo, Dmitry Medvedev, reagiu de forma explosiva, escrevendo que Moscovo tem de cortar relações com este país. Sucederam-se outras críticas de ilegalidade e ameaças.

Mas, num comunicado de março de 2022, tornava-se público que Varsóvia ordenava a restituição deste e doutro imóvel, que são propriedade do Estado polaco. 

Ao que tudo indica, os habitantes da capital polaca apelidavam este liceu de "ninho de espiões".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares de polacos marcharam contra o aborto em Varsóvia

Polónia: eleições locais mostram que conservadores continuam a ser força política de peso

Eleições locais na Polónia testam Governo de Tusk há menos de quatro meses no poder