Alemanha prepara o maior pacote de sempre de ajuda militar à Ucrânia

Ministro da Defesa alemão, Boris Pistorius assiste a treino de soldado ucraniano na Alemanha, 5 de maio 2023
Ministro da Defesa alemão, Boris Pistorius assiste a treino de soldado ucraniano na Alemanha, 5 de maio 2023 Direitos de autor Klaus-Dietmar Gabbert/(c) Copyright 2023, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo alemão anunciou um plano de entrega de equipamento militar avaliado em 2,7 mil milhões de euros.

PUBLICIDADE

Na véspera de uma possível passagem de Volodymyr Zelenskyy por Berlim, a Alemanha anunciou um novo pacote de ajuda militar à Ucrânia.

O plano está avaliado em 2,7 mil milhões de euros, o maior montante alguma vez doado pelo governo alemão desde a invasão russa. A ajuda militar em preparação inclui 30 tanques Leopard-1 A5 adicionais, 20 novos veículos blindados Marder e uma centena de outros veículos blindados de menor dimensão, 200 drones de vigilância, quatro novos sistemas de defesa antiaéreos Iris-T e as respetivas plataformas de lançamento, numerosos mísseis de defesa antiaérea, 18 canhões Howitzer e munições.

“Todos desejamos o fim desta guerra atroz da Rússia contra o povo ucraniano, mas infelizmente não está à vista. É por isso que a Alemanha vai prestar toda a ajuda possível durante o tempo que for necessário”, afirmou, numa declaração, o ministro da Defesa, Boris Pistorius.

Alvo de críticas, especialmente no leste da Europa, pela contida ajuda militar à Ucrânia, Berlim tem vindo, nos últimos meses, a intensificar o apoio ao esforço de guerra pedido por Kiev.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os conflitos congelados que põem em perigo a segurança da Europa

Ucrânia insiste no início das negociações de adesão à UE

Centro de Colónia parcialmente evacuado devido a bomba da II Guerra Mundial