EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Detenção de polícias aumenta tensões entre Belgrado e Pristina

Polícias kosovares detidos por forças sérvias
Polícias kosovares detidos por forças sérvias Direitos de autor AP/AP
Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sérvia acusa três polícias kosovares de entrarem armados e de forma ilegal no país

PUBLICIDADE

As tensões entre Belgrado e Pristina voltaram a subir em flecha, depois da detenção na Sérvia de três polícias kosovares.

A Sérvia, que publicou um vídeo para apoiar as declarações, acusou os três homens de entrarem ilegalmente no seu território e afirmou que estavam equipados com roupa militar, armas automáticas, aparelhos de GPS e mapas.

A resposta não se fez esperar do lado do Kosovo. O primeiro-ministro kosovar Albin Kurdi acusou Belgrado de sequestro e afirmou que os três polícias foram detidos pelas forças sérvias, a 300 metros da fronteira, mas ainda dentro do seu próprio território.

Pristina ordenou também aos guardas-fronteiriços kosovares que impeçam a passagem de veículos sérvios.

A União Europeia ameaçou as autoridades do Kosovo com "consequências políticas", caso não tomem as medidas necessárias para apaziguar as tensões com a comunidade sérvia do norte do país.

O último mês tem sido pautado por episódios de violência, depois do governo kosovar ter instalado autarcas de origem albanesa a dirigir quatro cidades, na sequência de eleições boicotadas pela comunidade sérvia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo sérvio deverá aprovar projeto de lítio cancelado em 2022

Genocídio de Srebrenica: manifestantes pró-sérvios voltam a protestar contra resolução da ONU

Líder da República Sérvia volta a ameaçar saída da Bósnia-Herzegovina