EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Manifestação contra projeto de linha de alta velocidade entre Lyon e Turim

Manifestantes consideram que o projeto põe em risco sensível ambiente alpino
Manifestantes consideram que o projeto põe em risco sensível ambiente alpino Direitos de autor JEAN-PIERRE CLATOT/AFP or licensors
Direitos de autor JEAN-PIERRE CLATOT/AFP or licensors
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O protesto não autorizado juntou milhares de pessoas em Saint Remy-de-Maurienne, em França. Houve confrontos com a polícia.

PUBLICIDADE

Milhares de pessoas participaram num protesto contra a construção de uma nova linha de alta velocidade entre Lyon e Turim. Os oponentes argumentam que o projeto ferroviário destruirá o sensível ambiente alpino.

O protesto tinha sido proibido, mas os manifestantes reuniram-se na mesma, perto da vila de Saint Remy-de-Maurienne, no sudeste de França.

A polícia usou gás lacrimogéneo quando uma parte dos manifestantes começou a lançar projéteis contra as forças de segurança.

Os manifestantes invadiram a linha ferroviária próxima, embora o tráfego ferroviário tenha sido interrompido devido à situação no início da tarde, segundo informou a operadora SNCF.

Apoiada pela União Europeia, a nova linha deve ligar Lyon, em França, e Turim, em Itália, com um túnel de 57,5 quilómetros através dos Alpes.

O custo estimado é de mais de 26 mil milhões de euros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos dos agricultores abrandam em França

Residentes de Marselha abrem guerra ao Alojamento Local

Ativistas mascarados de animais recebem em protesto cruzeiro com turistas