EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Linha de apoio ajuda idosos face a vagas de calor

AP
AP Direitos de autor Michael Probst/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Michael Probst/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo alemão criou página web e promete mais medidas para ajudar mais vulneráveis a enfrentar calor extremo no verão

PUBLICIDADE

Elke Schilling dirige uma linha de apoio para idosos. Na época de verão, a preocupação principal é o calor.

Elke Schilling, fundadora da linha de apoio Silbernetz:"Temem que o dia fique cada vez mais quente e que não possam sair porque está demasiado calor e dizem-nos que não sabem como obter comida porque não podem sair para a comprar."

Estima-se que, no ano passado, mais de quatro mil pessoas morreram na Alemanha devido ao calor.

O Ministério da Saúde criou uma página web para tentar reduzir esses números. O 'site' detalha o que os governos locais podem fazer para ajudar os mais vulneráveis, incluindo crianças e idosos.

Faz parte de um plano nacional para melhorar a resposta às vagas de calor. O governo alemão afirma que se estão a tornar cada vez mais comuns com as alterações climáticas.

Berlim diz estar a seguir o exemplo de França.

Kristina Jovanovski, Euronews:"Os cientistas dizem que as cidades são especialmente afectadas pelas vagas de calor. As infraestruturas densas retêm o calor. O que é que pode baixar as temperaturas? Parques e árvores."

O cientista climático Diego Rybski diz que aumentar os espaços verdes nas cidades não é caro.

Diego Rybski, cientista do Instituto de Investigação Climática de Potsdam:"Atualmente, a tendência é para a chamada redensificação, ou seja, encher os espaços vazios na cidade, o que é contrário ao que de facto precisamos. Precisamos de mais espaços verdes entre os edifícios, mas atualmente há mais espaços verdes a ser preenchidos com edifícios."

O governo alemão diz que mais projectos, incluindo possíveis alertas telefónicos, serão lançados no verão. A Euronews perguntou ao Ministério da Saúde quando é que o novo sistema será implementado, mas a resposta foi que para já não é possível avançar um calendário.

Elke considera-se afortunada por estar de boa saúde para lidar com as vagas de calor que chegam com o verão. Mas ainda assim diz que é uma luta.

Elke Schilling, fundadora da linha de apoio Silbernetz:"Está muito calor, estou a ficar fraca e zangada. Estou desamparada e não gosto de me sentir desamparada."

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Porque está tanto calor na Europa?

Maximilian Krah expulso: AfD nomeia novo chefe da delegação do Parlamento Europeu

Alemanha prepara-se para "todas as ameaças possíveis" durante o Euro 2024