EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Está o grupo Wagner a retirar-se da Bielorrússia?

O grupo Wagner liderado por Yevgeny Prigozhin
O grupo Wagner liderado por Yevgeny Prigozhin Direitos de autor frame
Direitos de autor frame
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na nossa análise diária à guerra na Ucrânia, debruçamo-nos sobre esta questão, recorrendo às últimas informações divulgadas pelo think tank Instituto para o Estudo da Guerra (ISW).

PUBLICIDADE

As especulações sobre a retirada do grupo Wagner da Bielorrússia sugerem que aspetos do acordo entre o presidente russo, Vladimir Putin, e o líder do Grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin, após a rebelião armada dos mercenários a 24 de junho, entraram em colapso.

Na sua última atualização, o think tank Instituto para o Estudo da Guerra (ISW), sediado nos Estados Unidos, relata que uma fonte interna russa afirma que as forças do grupo Wagner estão a realizar a sua primeira fase de retirada da Bielorússia e que a segunda etapa irá começar depois de 13 de agosto.

Mas o ISW realça não ter observado evidências visuais dos elementos do grupo Wagner a saírem da Bielorrússia.

Na sua análise diária à guerra na Ucrânia, a jornalista Sasha Vakulina traz-lhe mais informações sobre esta questão. Veja o vídeo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estónia: proposta de estudo conjunto com a Rússia sobre o leito do rio Narva

Zelenskyy pede continuação do apoio militar aos governadores dos EUA

Tribunal russo ordena prisão da viúva de Alexei Navalny