EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Azerbaijão descobre vala comum na cidade de Shusha

Prisão de Shusha
Prisão de Shusha Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ainda não há comentários oficiais das autoridades independentistas ou arménias.

PUBLICIDADE

O Azerbaijão anunciou a descoberta uma vala comum no complexo da prisão de Shusha, na região de Karabakh.  

De acordo com a agência noticiosa estatal Azertac, os restos mortais de 17 pessoas foram descobertos com sinais de tortura durante escavações efetuadas entre 1 e 15 de agosto pela Comissão Estatal do Azerbaijão para os Prisioneiros de Guerra, Reféns e Pessoas Desaparecidas.

A prisão foi construída na época soviética. Entre 1992 e 2020, a cidade de Shusha esteve sob o controlo da República separatista de Artsaque. Ainda não há comentários oficiais das autoridades independentistas ou arménias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Arménios pedem renúncia de Pashinian por causa do “conflito entre povos fronteiriços”

Forças russas retiram-se do Nagorno-Karabakh

Stoltenberg afirma que eleições presidenciais russas “não foram nem justas nem livres”