EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Viktor Orbán convida líderes dos Balcãs e da Ásia para o Dia da Hungria

Primeiro-ministro húngaro reuniu-se com presidente turco.
Primeiro-ministro húngaro reuniu-se com presidente turco. Direitos de autor Screenshot
Direitos de autor Screenshot
De  Nora Shenouda
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro-ministro húngaro aproveitou para estreitar relações com estas regiões.

PUBLICIDADE

O desporto, por vezes, também pode ser um instrumento para a diplomacia política, pelo menos a avaliar pelo exemplo de Viktor Orbán.

O primeiro-ministro húngaro convidou 15 líderes dos países dos Balcãs e da Ásia para as comemorações do Dia da Hungria, a 20 de agosto, enquanto decorrem os Mundiais de Atletismo em Budapeste.

O presidente da Sérvia, mas também os presidentes da Turquia, Azerbaijão, Quirguistão, Uzbequistão, Turcomenistão e o Emir do Catar estiveram nas celebrações.

O encontro de Obrán com o presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, foi a porta fechada, mas o chefe da diplomacia húngara partilhou informação. Peter Szijjártó disse que se falou de cooperação energética e da adesão da Suécia à NATO.

O chefe de reação do Türkinfo, um portal de notícias turco húngaro, disse à Euronews que a Hungria é uma ponte entre a Turquia e a economia europeia.

"É muito importante para a Turquia reparar as relações com o Ocidente. A Turquia tem um relacionamento muito bom com a Rússia, com a China e o Médio Oriente, mas o comércio exterior e o comércio em geral são tendenciosos para o Ocidente”, sublinhou Tarik Demirkan.

Ao presidente sérvio, Aleksandar Vučić, Orbán disse que se a Ucrânia rescindir o contrato de trânsito de gás com a Rússia, o fluxo de gás da Sérvia poderá ser aumentado.

Nora Shenouda, Euronews - O convite de Orbán ao chefe de Estado turco e aos líderes dos Balcãs e da Ásia para o Dia Nacional da Hungria reflete a ambição de aumentar a cooperação económica e política com estas regiões.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sérvios vencem o calor com a tradicional descida do rio Ibar

Borrell desiludido com falta de entendimento entre Sérvia e Kosovo

Sérvia e UE passam a colaborar mais no controlo das fronteiras