EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Zelenskyy diz que a Rússia vai perder esta guerra

Volodymyr Zelenskyy
Volodymyr Zelenskyy Direitos de autor Thomas Traasdahl/Thomas Traasdahl/RitzauScanpix
Direitos de autor Thomas Traasdahl/Thomas Traasdahl/RitzauScanpix
De  Euronews com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na dinamarca, o presidente afirmou que a Ucrânia está a defender os valores ocidentais de liberdade e democracia contra a tirania

PUBLICIDADE

O presidente ucraniano agradeceu esta segunda-feira aos legisladores dinamarqueses por ajudarem o seu país a resistir à invasão russa. Durante uma visita a Copenhaga, um dia depois de a Dinamarca e os Países Baixos terem anunciado que irão fornecer a Kiev aviões de guerra F-16, Volodymyr Zelenskyy disse aos legisladores que se a invasão russa for bem-sucedida, outras partes da Europa estarão em risco devido à agressão militar do Kremlin.

"Todos os vizinhos da Rússia estão ameaçados se a Ucrânia não prevalecer", disse o presidente num discurso no exterior do parlamento da Dinamarca, antes de se deslocar à Grécia, o quarto país europeu que visita em três dias, para conversações com o governo.

Zelenskyy afirmou que a Ucrânia está a defender os valores ocidentais de liberdade e democracia contra a tirania, e que não tem dúvidas de que o seu país vai ganhar esta guerra.

A Dinamarca e os Países Baixos anunciaram este domingo que vão fornecer jatos F-16 norte-americanos à Ucrânia.

A Rússia tinha avisado os países ocidental em relação a este tipo de apoio, afirmando que poderia considerar estes aviões uma ameaça nuclear, uma vez que são capazes de transportar armas nucleares.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kiev revela sabotagem de base aérea russa

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa

Rússia captura aldeia na região de Donetsk