EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Kiev revela sabotagem de base aérea russa

Imagem divulgada pelo canal Sirena no domingo, 20 de agosto de 2023, um avião de guerra russo arde na base aérea de Soltsy, na região de Novgorod, Rússia
Imagem divulgada pelo canal Sirena no domingo, 20 de agosto de 2023, um avião de guerra russo arde na base aérea de Soltsy, na região de Novgorod, Rússia Direitos de autor AP/Sirena telegram channel
Direitos de autor AP/Sirena telegram channel
De  Luis GuitaEuronews com AP, AFP, EBU
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ucrânia recupera território em redor de Bakhmut. Kiev revela ação de sabotagem em território russo. Rússia obriga Ucrânia a abortar operação de reconhecimento perto da Crimeia. Kiev realiza ação anticorrupção em centros de recrutamento.

PUBLICIDADE

As forças ucranianas informaram que recuperaram território em redor da cidade de Bakhmut, no leste, mas não fizeram grandes avanços na frente sul, de acordo com o vice-ministro da Defesa da Ucrânia.

A comunicação social ucraniana noticiou que sabotadores, coordenados pela inteligência militar de Kiev, realizaram, no fim de semana, dois ataques com drones que atingiram aviões bombardeiros estacionados em bases aéreas no interior da Rússia.

Horas depois, a força aérea russa enviou dois jatos para forçar dois drones de Kiev a interromper o reconhecimento perto da península da Crimeia, de acordo com o ministério da defesa russo.

O Presidente da Ucrânia, VolodymyrZelenskyy, acaba de regressar de uma viagem a capitais europeias, durante a qual foram prometidos caças F16 até ao final do ano vindos da Dinamarca e dos Países Baixos.

Zelenskyy considera a oferta dos aviões F16 como uma grande vitória da viagem à Europa

Entretanto, coincidindo com a contraofensiva de ucraniana, foi levada a cabo uma operação anticorrupção a dezenas de centros de recrutamento militar. O governo de Kiev continua a reprimir as alegações de que as alguns responsáveis de centros de recrutamento ajudaram cidadãos a obter certificados de deficiência para fugir ao serviço militar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grécia compromete-se a manter apoio militar Kiev e dar treino em F-16 a pilotos ucranianos

Zelenskyy diz que a Rússia vai perder esta guerra

Dinamarca e Países Baixos enviam caças F-16 para a Ucrânia