Conferências do Estoril tentam centrar debate na humanidade

Marcelo Rebelo de Sousa falou com a Euronews à margem das Conferências do Estoril
Marcelo Rebelo de Sousa falou com a Euronews à margem das Conferências do Estoril Direitos de autor Euronews
De  Johan Bodinier
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Edição deste ano, a oitava, está subordinada ao tema “Re-Humanizar o Mundo."

PUBLICIDADE

Em Portugal, nas Conferências do Estoril, discute-se como colocar os seres humanos no centro do mundo.

O evento de dois dias junta um grande número de participantes para discutir desafios globais.

Com intervenções de ex-presidentes, vencedores de Prémios Nobel, ativistas ambientais e artistas, a missão da conferência é combater a desinformação, partilhar conhecimento e moldar o discurso público a nível internacional.

Enfatizando as Pessoas, o Planeta, a Paz e as novas Políticas, a conferência sublinha os imperativos que a rápida evolução do mundo está a enfrentar.

“O que estamos a ver hoje é que a mudança que o mundo e a Europa estão a enfrentar é muito rápida. E, claro, estas conferências são mais necessárias do que nunca”, explicou, em entrevista à Euronews o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Veja o vídeo acima para conhecer mais detalhes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Ninguém na Ucrânia concordará com uma capitulação" - Yulia Tymoshenko

Conferências do Estoril inspiram "geração do propósito"

As nove prioridades de Luís Montenegro para as primeiras semanas do Governo