Morreu o ex-vocalista dos Smash Mouth, grupo que deu "brilho" à banda sonora de Shrek

Steve Harwell dos Smash Mouth em concerto nos EUA, em 2017
Steve Harwell dos Smash Mouth em concerto nos EUA, em 2017 Direitos de autor Amy Harris/2017 Invision
De  Nara Madeira com AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Faleceu Steve Harwell. O ex-vocalista dos Smash Mouth tinha 56 anos e sofria de insuficiência hepática.

PUBLICIDADE

Morreu o ex-vocalista da banda californiana Smash Mouth. Steve Harwell tinha 56 anos e faleceu devido a uma insuficiência hepática. 

Nas redes sociais, os membros do grupo que tinha já abandonado, lembravam Harwell como "um verdadeiro americano" e diziam que ele será "recordado pela sua concentração inabalável e determinação apaixonada para alcançar o estrelato".

O cantor - um dos membros fundadores dos Smash Mouth, banda criada em 1994 - tinha abandonado a carreira e os seus companheiros de estrada vinte anos depois do "primeiro encontro" e na sequência de um incidente com fãs. Na altura, justificava-se a sua partida com questões de saúde, física e mental. E elas seriam o seu grande desafio, até ao fim.

Há vários anos que - também devido aos excessos cometidos, que o levaram, por exemplo, ao alcoolismo - se debatia com vários problemas de saúde. Sofria também de encefalopatia de Wernicke, doença que lhe afetava as capacidades motoras e a memória. Tinha-lhe sido, igualmente, diagnosticada cardiomiopatia, há dez anos.

O primeiro grande êxito dos Smash Mouth foi "Walkin" on the Sun" mas para a história ficam, talvez sejam as canções que mais dizem ao público em geral, as interpretações de dois temas, que integraram a banda sonora do filme Shrek: "All Star" e "I'm a Beliver".

O anúncio da sua morte foi feito, num comunicado, pelo seu agente, Robert Hayes, que garantia que Steve Harwell morreu rodeado pela família e amigos, em casa, nos EUA.

Enquanto fez parte dos Smash Mouth a banda vendeu mais de 10 milhões de álbuns, em todo o mundo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Peace Out!" Será que é mesmo desta o adeus dos Aerosmith? Portugal e Brasil ignorados para já

Velha guarda do rock em peso na abertura da Gibson Garage

Israel acolhe banda russa anti-Kremlin expulsa da Tailândia