EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Fim da greve na liga feminina de futebol em Espanha

AP
AP Direitos de autor Manu Fernandez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Manu Fernandez/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Sindicatos e clubes chegaram a acordo para estipular aumentos nos salários mínimos das jogadoras espanholas

PUBLICIDADE

A Liga feminina de futebol em Espanha pode finalmente arrancar. Sindicatos e patronato anunciaram ter chegado a um acordo para pôr fim à greve e que prevê "um salário mínimo de 21.000 euros para a época 2023/2024", que será aumentado também nas duas épocas seguintes.

Os sindicatos advertem, no entanto, que continuarão a lutar por melhorias nas condições de trabalho, nomeadamente em termos dos "protocolos de luta contra o assédio".

A greve decorreu num momento de escândalo no futebol feminino espanhol, depois do beijo forçado do ex-presidente da Federação Luis Rubiales à jogadora Jenni Hermoso, após a vitória no mundial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Super League contra UEFA: o que se segue?

Estados Unidos eliminados pela Suécia nos "oitavos" de final do Mundial Feminino de Futebol

Portugal bateu no poste da América e deixa o Mundial feminino em lágrimas