EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Casos de tuberculose disparam na Polónia devido à Guerra na Ucrânia

Casos de tuberculose disparam na Polónia
Casos de tuberculose disparam na Polónia Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Organização Mundial da Saúde considera o combate à tuberculose uma prioridade e trabalha em conjunto com as autoridades sanitárias polacas

PUBLICIDADE

Ucrânia, Polónia e Organização Mundial da Saúde uniram esforços para tentar travar o crescente número de casos de tuberculose entre os refugiados provocados pela invasão russa. Antes da guerra, a Ucrânia tinha a segunda maior incidência da doença na Europa e um sistema de saúde adaptado para o tratamento. Já a Polónia viu-se a braços com um problema novo e parte praticamente da estaca zero.

Stefan Wesołowski é Diretor-geral do Instituto de Tuberculose e Doenças Pulmonares e explica que "anteriormente, na Polónia, a tuberculose multirresistente não era um problema grave... O início da guerra veio alterar esta situação, havendo agora mais de 100 casos de tuberculose multirresistente, o que representa um aumento de cerca de três vezes em relação à situação anterior."

Desde 2015 que a OMS considera o combate global à tuberculose uma prioridade, pelo que a guerra levou a organização a virar-se para a Polónia.

Após a invasão da Ucrânia pelas tropas russas, quatro milhões de pessoas atravessaram a fronteira com a Polónia e cerca de um milhão de refugiados permanece no país. O combate à tuberculose é apenas mais um entre os vários desafios que enfrentam.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fim do prazo para Polónia explicar à Comissão Europeia as irregularidades na emissão de vistos

Polónia: Explosão em fábrica de armamento provoca 1 morto

Donald Tusk em campanha para as europeias reúne milhares de apoiantes em Varsóvia