EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

França vai fornecer armas à Arménia

Tanto Colonna como Macron têm manifestado explicitamente o apoio a Erevan
Tanto Colonna como Macron têm manifestado explicitamente o apoio a Erevan Direitos de autor Vahram Baghdasaryan/PHOTOLURE
Direitos de autor Vahram Baghdasaryan/PHOTOLURE
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de 100 mil arménios já abandonaram o Nagorno-Karabakh. Antigos líderes do território disputado foram detidos pelo Azerbaijão

PUBLICIDADE

Ajudar a Arménia a proteger a sua integridade territorial. Numa visita a Erevan, esta foi a prioridade anunciada pela chefe da diplomacia francesa. 

Catherine Colonna declarou que Paris pretende fornecer armamento à Arménia perante o conflito atual com o Azerbaijão e o êxodo massivo de arménios, em fuga do território do Nagorno-Karabakh.

"Gostaria de dizer publicamente que a França concordou em estabelecer futuros contratos com a Arménia, que vão permitir o fornecimento de equipamento militar, para que o país garanta a sua defesa. Como decerto compreendem, não posso dar mais detalhes neste momento", declarou Colonna.

Tanto a ministra dos Negócios Estrangeiros como Emmanuel Macron têm manifestado explicitamente o apoio a Erevan face à ameaça de uma possível ofensiva militar generalizada da parte do Azerbaijão.

Em 2022, Baku conquistou mais território disputado e avançou a linha de fronteira azeri em cerca de uma dezena de quilómetros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Arménios pedem renúncia de Pashinian por causa do “conflito entre povos fronteiriços”

Stoltenberg: "NATO apoia soberania e integridade territorial da Arménia"

Ativista russo faz campanha na Arménia