EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Polónia deteve mais de 1800 migrantes após reintrodução de controlos fronteiriços

Polícia realiza controlos fronteiriços
Polícia realiza controlos fronteiriços Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2022 The AP. All rights reserved
De  Luis GuitaEuronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Além da Polónia, a República Checa e a Áustria também reintroduziram controlos fronteiriços. A Alemanha também aumentou as patrulhas ao longo da fronteira com a Polónia.

PUBLICIDADE

Há 10 dias que a Polónia reintroduziu controlos na fronteira com a Eslováquia, uma medida ligada às travessias irregulares de migrantes da chamada "rota dos Balcãs" que tentam chegar à Europa Ocidental através da Polónia. Mais de 1.800 migrantes já foram detidos ao longo desta fronteira.

O número de detidos está a crescer rapidamente no troço da fronteira com a Eslováquia identificado como "secção da Silésia."

No entanto, especialistas em migração e trabalhadores humanitários ainda vêm grandes lacunas na abordagem da situação; tanto em termos de direitos humanos como de eficácia das ações empreendidas ao longo dos anos.. 

"Fala-se de migrantes no contexto, no máximo, e melhor de tudo, da força de trabalho. Ninguém os trata subjetivamente, ninguém olha para os seus direitos humanos. Ninguém está a tentar desmantelar as redes destes traficantes. O mais recente "escândalo de vistos" [um escândalo de corrupção relativo a subornos recebidos por pessoas do Ministério dos Negócios Estrangeiros em troca de vistos polacos] mostra que os governantes estão bastante dispostos a cooperar com os traficantes para obter alguns benefícios pessoais com isso," afirma o especialista em migração da Universidade Jaguelônica e ativista humanitário Karol Wilczynski.

Além da Polónia, a República Checa e a Áustria também reintroduziram controlos fronteiriços. A Alemanha também aumentou as patrulhas ao longo da fronteira com a Polónia.

O tema da migração e das fronteiras está a regressar como um dos mais importantes na Polónia, na campanha eleitoral em curso, bem como em toda a União Europeia. Hoje, de todas as fronteiras polacas, apenas a marítima não é controlada adicionalmente," esclarece a jornalista da euronews em reportagem junto da fronteira polaca de Korbelow, Magdalena Chodownik.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia alemã desmantela rede de tráfico de migrantes

"Eu perdoo-o": Robert Fico diz que não sente "nenhum ódio" pelo seu agressor

A proliferação de notícias falsas na Eslováquia serve de aviso à UE