EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs

Autoridades sírias declaram três dias de luto nacional após ataque a Homs
Autoridades sírias declaram três dias de luto nacional após ataque a Homs Direitos de autor Ghaith Alsayed/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Ghaith Alsayed/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Enviado da ONU apela à "desescalada imediata" da violência. Putin envia mensagem de apoio a al-Assad

PUBLICIDADE

Uma série de bombardeamentos na região rebelde de Idlib, na Síria, fez pelo menos oito mortos e cerca de três dezenas de feridos.

O enviado especial da ONU, Geir Pedersen, apelou à "desescalada imediata" da violência no país.

O exército sírio tinha prometido "retaliar com firmeza" após o ataque com drones contra uma academia militar em Homs, durante uma cerimónia de conclusão de curso, que fez mais de 120 mortos e outros tantos feridos, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. 

As autoridades sírias, que atribuem o atentado a "organizações terroristas", declararam três dias de luto nacional. O ataque não foi reivindicado.

O presidente russo, Vladimir Putin, enviou uma mensagem de condolências ao homólogo Bashar al-Assad, e reforçou o princípio da luta de ambos os países contra o terrorismo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar