EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Manifestantes exigem mais ação do governo contra o feminicídio

EBU
EBU Direitos de autor EBU
Direitos de autor EBU
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Marchas e protestos em várias cidades bósnias exigiam mais ações das autoridades contra os crimes de agressão sexual e violência contra as mulheres

PUBLICIDADE

Várias cidades da Bósnia-Herzegovina foram palco esta quarta-feira de manifestações e marchas contra o feminicídio, sob o lema "Nem mais uma". 

Os organizadores dos protestos exigem ação do governo para reduzir os crimes deste tipo, alertando que 48 por cento das mulheres do país são vítimas de algum tipo de agressão sexual ou violência com base no género. 

A grande maioria dos casos não é denunciada e, dos crimes que são relatados às autoridades, 70 por cento acabam por ter as investigações suspensas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Itália acorda para o feminicídio, assasinato de jovem despertou consciências

Polícia de Hong Kong realiza diversas operações no aniversário de Tiananmen

Protestos pelos reféns em Telavive degeneram em confrontos com a polícia