Israel bombardeia campo de refugiados de Bureij

AP
AP Direitos de autor Mohammed Dahman/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pelo menos 15 pessoas perderam a vida num ataque da aviação israelita que atingiu o campo de refugiados de Bureij, no centro da Faixa de Gaza

PUBLICIDADE

Os bombardeamentos incessantes continuam a marcar o quotidiano da população na Faixa de Gaza. 

Esta quinta-feira, pelo menos 15 outras pessoas perderam a vida num ataque aéreo que atingiu o campo de refugiados de Bureij, no centro do enclave palestiniano. As bombas israelitas atingiram pelo menos um edifício residencial. 

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde diz que está a ficar sem palabras para "descrever o horror que se está a desenrolar em Gaza".

Tedros Adhanom Ghebreyesus: diretor-geral da OMS:"É demasiado tarde para ajudar os mortos. Mas podemos ajudar os vivos. Podemos ajudar os que vivem num medo permanente. Podemos ajudar os civis feridos. Podemos ajudar as quase 200 mulheres que se estima estarem prontas para dar à luz em cada dia."

O ataque contra Bureij surge depois dos dois bombardeamentos contra o campo de refugiados de Jabalia, que fizeram cerca de 200 mortos.

A OMS denunciou também esta quinta-feira a multitude de obstáculos que limitam drasticamente a chegada de ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças terrestres israelitas avançam ao longo da costa noroeste de Gaza

Novos ataques de Israel em Gaza matam pelo menos 48 pessoas

Palestinianos choram os mortos em Deir Al Balah