Presidente da Polónia dá missão de formar governo a atual primeiro-ministro

Mateusz Morawiecki, atual primeiro-ministro da Polónia e líder do Partido Lei e Justiça
Mateusz Morawiecki, atual primeiro-ministro da Polónia e líder do Partido Lei e Justiça Direitos de autor AP Photo/Michal Dyjuk
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mateusz Morawiecki viu o seu Lei e Justiça perder a maioria absoluta no parlamento, apesar de ter sido o partido mais votado nas últimas eleições legislativas.

PUBLICIDADE

O presidente da Polónia, Andrzej Duda,  mandatou o atual primeiro-ministro, Mateusz Morawiecki, do Lei e Justiça, para formar o próximo governo do país.

A decisão foi anunciada esta segunda-feira após o partido ultraconservador ter ganho as eleições legislativas, perdendo no entanto a maioria parlamentar para os três partidos liberais aliados da oposição, que concorreram separadamente.

Duda sublinhou que o partido de Morawiecki deve ter a oportunidade de se manter no poder, uma vez que obteve mais votos do que qualquer outro.

No entanto, sem uma aliança partidária em vista, a missão de formar um executivo operacional deverá ser dificultada pelos restantes partidos com assento parlamentar.

Caso Morawiecki não consiga formar governo, o presidente deverá dar a possibilidade de o fazer à segunda maior força partidária, a aliança dos três partidos europeístas, Coligação Cívica, do antigo primeiro-ministro polaco e ex-presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo parlamento polaco trabalha para desbloquear fundos europeus

Primeira reunião do parlamento polaco após eleições esta segunda-feira

Donald Tusk tomou posse como primeiro-ministro da Polónia