Várias zonas do norte da Europa continuam inundadas desde as últimas chuvas fortes

Inundações no Pas-de-Calais, no norte de França
Inundações no Pas-de-Calais, no norte de França Direitos de autor Aurelien Morissard/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pas-de-Calais, no norte de França; Flandres, na Bélgica a região de Copenhaga, na Dinamarca, mantém zonas inundadas pelas tempestades de há duas semanas.

PUBLICIDADE

Após duas semanas de chuvas prolongadas, partes do norte da França permanecem submersas. 

As cidades e aldeias do departamento de Pas-de-Calais só agora estão a ver as extensas inundações começarem a diminuir. 

Vários milhares de residentes ainda não têm acesso a água potável e centenas de casas continuam sem eletricidade.

A situação é semelhante em partes da Bélgica, especialmente na Flandres.

Os agricultores estão entre os mais afetados pelas cheias persistentes. O solo saturado significa que a água da enchente permanece na superfície. Levará algum tempo até que o custo total dos danos possa ser avaliado.

E não são apenas as comunidades rurais. As principais estradas de Copenhaga ficaram submersas depois que as bombas que normalmente reduzem o excesso de água da chuva ficaram sobrecarregadas.

Depois de um dos verões mais quentes de que há registo, a Europa enfrenta agora um outono historicamente chuvoso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chuvas torrenciais e inundações mortíferas no sul da Bulgária

Agricultores checos levam tratores ao centro de Praga

Líderes europeus e norte-americanos reafirmam compromisso com a NATO na conferência de Munique