Cigarros eletrónicos vão ser banidos na Austrália

Cigarros eletrónicos
Cigarros eletrónicos Direitos de autor Andrew Harnik/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A proibição deve começar a 1 de janeiro e outras medidas se seguirão ao longo do ano.

PUBLICIDADE

A Austrália vai proibir a importação de cigarros eletrónicos em 2024.

O bloqueio aos "vapes" descartáveis visa reverter um aumento “perturbador” do vaping entre os jovens, disse o ministro da Saúde, Mark Butler.

A medida já tinha sido sugerida em junho quando o governo acusou a indústria do tabaco de tentar viciar as novas gerações de adolescentes em nicotina através destes aparelhos eletrónicos.

O ministro lembra que o cigarro eletrónico "foi vendido aos governos como uma forma de ajudar os fumadores de longa data a parar de fumar".

O orçamento australiano para 2023-24 incluirá 737 milhões de dólares para financiar uma série de medidas para proteger os cidadãos contra os danos causados pelo tabaco e pelos produtos de vaporização.

Estas medidas complementam o desenvolvimento de uma nova proposta de legislação nacional de controlo do tabaco, anunciada pela primeira vez pelo governo em novembro de 2022.

Ao mesmo tempo, a vizinha Nova Zelândia prepara-se para reverter várias leis antitabaco do anterior governo trabalhista.

O novo governo conservador de coligação começa a trabalhar esta terça-feira e está já a ser acusado de querer pagar o prometido corte nos impostos com a promoção do tabaco entre os jovens.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reino Unido quer proibir venda de "vapes" descartáveis

França proíbe os cigarros eletrónicos descartáveis muito consumidos pelos jovens

Nova Zelândia recua na lei antitabaco