EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Europa em alerta: suspeitos por terrorismo detidos em vários países

Aumento da segurança na Europa após crescente ameaça terrorista
Aumento da segurança na Europa após crescente ameaça terrorista Direitos de autor Dan Himbrechts/AAP IMAGE
Direitos de autor Dan Himbrechts/AAP IMAGE
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nos últimos meses, a Europa tem registado uma série de detenções de suspeitos de terrorismo levando a um aumento de preocupações ao nível da segurança nos países como a Dinamarca, Alemanha e Países Baixos.

PUBLICIDADE

Na Alemanha, as autoridades confirmam a detenção de quatro indivíduos (três em Berlim e um em Roterdão, Países Baixos). Segundo a polícia alemã, os suspeitos têm ligações de longa data com o grupo Hamas e são acusados de fornecer armamento para potenciais ataques terroristas contra alvos judeus na Europa, embora, até ao momento, não haja certezas de planos concretos para os ataques.

Na Dinamarca, as operações a nível nacional resultaram na detenção de três pessoas. A polícia dinamarquesa afirma que a investigação revelou que "uma rede de pessoas tem estado a preparar um ato terrorista" e que as provas recolhidas até ao momento sugerem que “há ligações à organização do gangue proibido LTF (Loyal to Familia)”. O gangue esteve na origem de rixas, violência, roubos, extorsões e venda de drogas na capital dinamarquesa e “recorreu à violência e a meios ilegais para atingir o seu objetivo”, declarou o Tribunal Distrital de Copenhaga.

A primeira-ministra dinamarquesa, Mette Frederiksen, condenou a importação de conflitos externos, caracterizando a situação como “extremamente grave”. Embora as autoridades dinamarquesas não tenham mencionado o grupo Hamas, Frederiksen sublinhou a presença de pessoas hostis à sociedade dinamarquesa. “Há pessoas que vivem na Dinamarca que não nos querem bem e que são contra a sociedade dinamarquesa e tudo o que ela implica", reiterou a primeira-ministra.

Apesar do nível de ameaça terrorista não ter sofrido alterações, a Dinamarca permanece com o segundo grau mais elevado. De momento, os locais mais críticos e onde se verificaram aumentos de segurança são as sinagogas e outros locais judaicos.

Nos Países Baixos as detenções foram seguidas pelo aumento do nível de ameaça, passando do nível 3 para o 4. Ainda que as autoridades não tenham comentado oficialmente as detenções, o coordenador nacional para o contraterrorismo e segurança mostrou-se preocupado com a segurança, especialmente por estarmos numa época festiva como o Natal e ser uma altura com bastante afluência aos mercados de Natal.

A Europa encontra-se mais atenta à evolução destes eventos e às medidas de segurança implementadas para garantir a proteção da população.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Vamos ter uma onda de terrorismo no mundo", diz perito Claude Moniquet

Suécia eleva nível de alerta de terrorismo

Euro 2024: veja como adeptos ingleses e neerlandeses viveram as emoções da meia-final