EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ucrânia afirma ter abatido três caças-bombardeiros russos num só dia

O Su-34 é o caça-bombardeiro supersónico de médio alcance com dois lugares mais avançado da Rússia
O Su-34 é o caça-bombardeiro supersónico de médio alcance com dois lugares mais avançado da Rússia Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

O Su-34 é um dos caças-bombardeiros mais avançados do mundo. As forças ucranianas terão abatido três em um só dia. O comunicado das Forças Armadas Ucranianas não esclarece o que terá acontecido aos pilotos.

PUBLICIDADE

A força aérea ucraniana afirmou na sexta-feira ter abatido três caças-bombardeiros russos Sukhoi Su-34 no sul do país, com o Presidente Volodymyr Zelenskyy a declarar que o abate tinha ocorrido na região de Kherson, onde os combates estão a decorrer.

"Ao meio-dia de hoje, três caças-bombardeiros russos Su-34 foram abatidos na zona operacional do sul", anunciou no Telegram o comandante da Força Aérea ucraniana, Mykola Olechtchouk.

No seu discurso de sexta-feira à noite, Zelenskyy especificou que estes jatos tinham sido abatidos por mísseis e disse estar "grato aos nossos soldados que destruíram três aviões Sukhoi russos de uma só vez. No sul - na nossa região de Kherson".

"A nossa resposta a todos os assassinos russos deve ser dada a conhecer a todos os pilotos russos - nenhum deles ficará impune", acrescentou Zelensky. A Força Aérea não disse o que aconteceu aos pilotos dos aviões.

As autoridades russas não confirmaram imediatamente o incidente. Mas o influente blogue militar russo Fighterbomber referiu-se a "perdas de combate" causadas, na sua opinião, pelo sistema de defesa antiaérea Patriot, fornecido pelos EUA.

O Su-34 é o caça-bombardeiro supersónico de médio alcance com dois lugares mais avançado da Rússia. Em serviço desde 2014, Moscovo utilizou o jato principalmente em missões de bombardeamento na Síria e na Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy reúne-se com secretário de Estado do Vaticano em Kiev e agradece apoio da Santa Sé

Ucrânia com dificuldades para reparar infraestruturas de energia devido a constantes ataques russos

Aos poucos, aldeias de Kharkiv e Zaporíjia vão sendo reconstruídas