EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Descartada hipótese de tsunami no Japão após sismo de magnitude 7,6

Autoridades avisam que ondas podem chegar aos 5 metros
Autoridades avisam que ondas podem chegar aos 5 metros Direitos de autor Eugene Hoshiko/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Eugene Hoshiko/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O sismo afetou a prefeitura de Ishikawa, no centro da costa oeste da ilha de Honshu. Pelo menos uma pessoa morreu na sequência do colapso de um edifício.

PUBLICIDADE

A ameaça de tsunami ligada aos fortes terramotos que atingiram esta segunda-feira de manhã o centro do Japão foi "em grande parte descartada", segundo o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, com sede no Havai.

O Japão tinha emitido, de manhã, um alerta de tsunami para a prefeitura de Ishikawa, no centro da costa ocidental da ilha de Honshu, depois de uma série de abalos sísmicos, o maior dos quais de magnitude 7,6 na escala de Richter. As autoridades emitiram também avisos menores para o resto da costa e avisaram que as ondas podiam chegar aos cinco metros. 

Os níveis de alerta de tsunami foram depois reduzidos, mas as autoridades mantêm o pedido de cautela às populações.

Os abalos também tiveram consequências em terra. As autoridades japonesas confirmaram o colapso de vários edifícios, deixando pelo menos seis pessoas soterradas.

Pelo menos um homem terá morrido na sequência do colapso de um edifício, escreve a imprensa local.

As autoridade deram conta ainda de 33 mil casas sem eletricidade. As comunicações telefónicas também estão interrompidas nas províncias de Ishikawa e Niigata.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"É uma corrida contra o tempo". Réplicas e previsão de chuva complicam operações de resgate no Japão

A alma do Japão embrulhada num bolinho de arroz e algas marinhas

Sismo no Japão faz nove feridos