EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Vários edifícios danificados após ataque de drones russos em Dnipro

Edifícios danificados por drones russos em Dnipro
Edifícios danificados por drones russos em Dnipro Direitos de autor AP/Ukrainian Emergency Service
Direitos de autor AP/Ukrainian Emergency Service
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os serviços de emergência de Dnipro socorreram seis pessoas, nos ataques deste sábado, incluindo duas crianças.

PUBLICIDADE

Vários edifícios e carros foram atingidos, este sábado, na sequência de um ataque de drones russos na cidade ucraniana de Dnipro, segundo as autoridades locais.

Foram danificados dois edifícios de apartamentos, uma instituição de ensino e o seu dormitório, bem como um edifício administrativo. Os serviços de emergência socorreram seis pessoas, incluindo duas crianças, mas não há registo de vítimas mortais.

Entretanto, duas pessoas morreram e várias outras ficaram feridas em ataques russos contra a cidade de Kherson, no sul da Ucrânia.

A Ucrânia disse que a Rússia lançou 28 drones e mísseis de cruzeiro em ataques principalmente no sul e no leste do país, durante a noite, e confirmou que os sistemas de defesa aéreos ucranianos destruíram 21 drones.

Durante um discurso proferido a 7 de janeiro perante os participantes da conferência sobre segurança Folk och Försvar Rikskonferensen 2024, realizada na Suécia, o Presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy falou sobre o conceito de solidariedade. 

"Quando uma nação conta com a solidariedade dos outros e, por conseguinte, com o apoio, pode defender-se com êxito mesmo que seja contra um inimigo muito maior”, disse Zelenskyy, na Folk och Försvar Rikskonferensen 2024, ao agradecer à Suécia pelo seu apoio. 

Em Belgorod, cidade na Rússia, mais de 100 residentes foram evacuados para uma área distante da fronteira ucraniana. De acordo com as autoridades locais, os ataques ucranianos à cidade de Belgorod, a 30 de dezembro, mataram 25 pessoas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estabilizar apoio financeiro à Ucrânia é prioridade da presidência belga do Conselho da UE

Forças ucranianas lançam novos ataques a alvos russos na Crimeia e em Belgorod

Pelo menos seis feridos após ataque aéreo russo em zona residencial de Kharkiv