Debate Euronews: Decisores de topo discutem o Alargamento Europeu

Sasha Vakulina e os seus convidados debatem o alargamento da UE
Sasha Vakulina e os seus convidados debatem o alargamento da UE Direitos de autor euronews
De  Oleksandra Vakulina
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ao longo de toda a semana, a Euronews promove debates sobre os temas que interessam a todos os europeus, no Fórum Económico Mundial de Davos.

PUBLICIDADE

Os argumentos económicos a favor do alargamento da UE foram o tema de um painel de discussão da Euronews no Fórum Económico Mundial. Vários países estão em lista de espera para aderir ao bloco, mas muitos obstáculos têm de ser ultrapassados. Os nossos convidados falaram com Sasha Vakulina sobre a corrupção, a globalização e o desafio à expansão dos regimes autoritários.

Mariya Gabriel, vice-primeira-ministra da Bulgária, disse: "Estado de direito, combate à corrupção, independência do sistema judicial... Precisamos de falar sobre tudo isso. Penso que devemos manter-nos fiéis a este núcleo do projeto europeu. Estes países têm de mostrar o seu desejo de respeitar este princípio, porque isso significa previsibilidade e certeza. Podemos criar confiança".

Devemos manter-nos fiéis ao núcleo do projeto europeu.
Mariya Gabriel
Vice-primeira-ministra da Bulgária

Christian Levin, presidente e diretor executivo da empresa automóvel sueca Scania, disse: "O que vimos no último ano é que a globalização está a caminhar na direção errada e o comércio livre está a tornar-se um recurso escasso. Agora vemos uma oportunidade de expandir o nosso território. É isso que UE é e é disso que dependem todas as empresas sediadas na Europa. Penso que seria uma pena não aproveitar essa oportunidade."

Seria uma pena não aproveitar a oportunidade do alargamento.
Christian Levin
Presidente e diretor executivo da Scania

Finalmente, Rostyslav Shurma, da Administração Presidencial Ucraniana, acrescentou: "Infelizmente, temos regimes que querem testar e desafiar a ordem mundial existente. Países como a Rússia, o Irão, a Coreia do Norte e talvez outros, estão a pensar literalmente dessa forma. Por isso, é altura de tomar decisões corajosas e fortes. A expansão da UE, acreditamos, é uma delas. É algo que pode realmente preservar o desenvolvimento normal do mundo".

A Euronews está a transmitir vários eventos importantes e entrevistas de alto nível ao longo de toda a semana no Fórum Económico Mundial em Davos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Debate Euronews em Davos: O alargamento é uma oportunidade económica?

Fórum Económico Mundial: o que pensam os participantes?

Mísseis Taurus em Kiev? Alemanha investiga informações intercetadas pela Rússia