EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Coreia do Norte testou drone marítimo com armas nucleares em resposta a exercícios dos EUA e aliados

Kim Jong-un deu luz verde a ataques nucleares preventivos se a liderança em Pyongyang estiver sob ameaça
Kim Jong-un deu luz verde a ataques nucleares preventivos se a liderança em Pyongyang estiver sob ameaça Direitos de autor Cha Song HoAP..
Direitos de autor Cha Song HoAP..
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Coreia do Norte disse que testou um drone marítimo com armas nucleares, em resposta aos exercícios navais conduzidos pelos Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul.

PUBLICIDADE

A Coreia do Norte disse ter levado a cabo testes com um drone marítimo com armas nucleares, em resposta aos recentes exercícios navais conduzidos pelos Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul.

Pyongyang alega que o sistema de armas nucleares subaquático é capaz de destruir  frotas completas e portos marítimos.  

Em comunicado, o Ministério da Defesa Nacional da Coreia do Norte avisa que o país não vai "tolerar a histeria imprudente do confronto militar", referindo que "os Estados Unidos, o Japão e a República da Coreia estão a intensificar os seus exercícios militares de provocação desde o início do ano".

Como reação, a Coreia do Norte conduziu "um importante teste do seu sistema de armas nucleares submarinas Haeil-5-23, em desenvolvimento no Mar Oriental da Coreia".

"A postura de combate subaquático do nosso exército com base em armas nucleares está a ser aperfeiçoada e as suas várias ações de resposta marítima e subaquática vão continuar a dissuadir as manobras militares hostis", acrescenta o ministério.

O regime de Kim Jong-un condena "veementemente" Washington e os seus aliados pelos "atos imprudentes de ameaça grave à segurança da Coreia do Norte desde o início do ano" e adverte-os para as "consequências catastróficas que daí resultarão".

Os Estados Unidos, a Coreia do Sul e o Japão concluíram na quarta-feira três dias de exercícios navais conjuntos nas águas a leste da península coreana, a sul da ilha de Jeju.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os turistas russos estão proibidos na maior parte da Europa, mas este país está a recebê-los de braços abertos

Relógio do Apocalipse está mais próximo da meia-noite do que nunca

Coreia do Sul quer que Rússia cesse de imediato acordo com Coreia do Norte