"Polícia unida jamais será vencida": 15 mil elementos da PSP e GNR em marcha histórica em Lisboa

Cerca de 15 mil elementos das forças de segurança participaram na marcha
Cerca de 15 mil elementos das forças de segurança participaram na marcha Direitos de autor Armando Franca/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Agentes da PSP, militares da GNR e guardas prisionais marcharam até à Assembleia da República, em Lisboa, para exigir a revisão dos suplementos remuneratórios nas forças de segurança.

PUBLICIDADE

Milhares de agentes da PSP, militares da GNR, e guardas prisionais juntaram-se na quarta-feira à tarde, em Lisboa, no Largo do Carmo, e marcharam até à Assembleia da República, reclamando por melhores condições de trabalho.

Os organizadores do protesto estimam que tenham participado 15 mil pessoas, dando nota de que esta foi uma das maiores manifestações das forças de segurança de sempre.

Depois de uma marcha ordeira quase sem bandeiras e palavras de ordem, os manifestantes cantaram três vezes o hino nacional em frente ao Parlamento e entoaram a frase "polícia unida já mais será vencida".

Esta manifestação foi organizada por uma plataforma composta por sete sindicatos da Polícia de Segurança Pública e quatro associações da Guarda Nacional Republicana, que foi criada para exigir a revisão dos suplementos remuneratórios nas forças de segurança, depois de o Governo ter aprovado no final do ano passado um suplemento de missão para a Polícia Judiciária.

A plataforma tem agendada outra marcha no Porto a 31 de janeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Operação Pretoriano: Líder dos Super Dragões e dois funcionários do FC Porto detidos

Líder de grupo criminoso internacional detido em Espanha

Sondagem exclusiva Euronews/SOL: AD e PS empatados com Chega a descolar