Sábado é Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto
Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto Direitos de autor Euronews
De  Magdalena Chodownik
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A data foi instituída em 2005, através de uma resolução das Nações Unidas.

PUBLICIDADE

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e os 79 anos da Libertação de Auschwitz são assinalados todos os anos, em cerimónias por toda a Europa. O objetivo é recordar também as outras vítimas dos campos de extermínio nazi, como os homossexuais, as pessoas deficientes, a comunidade cigana ou as centenas de opositores políticos.

Na Polónia, desde 1998, é organizada a “Marcha dos Sobreviventes” de Auschwitz a Birkenau. Mais de um milhão de pessoas, a maioria judeus, morreram neste campo entre 1940 e 1945.

Em Auschwitz, a Euronews falou com Katarzyna Warman, a filha de uma sobrevivente do Holocausto.

"6 milhões de judeus foram aniquilados e eu não quero que deixem apenas um espaço vazio. Gostaria de preencher este espaço com memórias. Começou com o facto de não poderem ir a parques, de serem proibidos de trabalhar, de casar com pessoas de outra religião. Começou com passos muito pequenos e esses passos resultaram no Holocausto".

Katarzyna Warman faz parte do grupo de pessoas que, quase 80 anos depois, ainda guardam a memória daqueles que sobreviveram para recordar que "não há mais ódio".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Conferência em Cracóvia debate aumento do antissemitismo

Vaticano Beatifica família que escondeu judeus durante II Guerra Mundial

Polónia lembra heróis da Revolta de Varsóvia