Aos 19 anos, Diogo Ribeiro torna-se bicampeão mundial em natação

Diogo Matos Ribeiro
Diogo Matos Ribeiro Direitos de autor AP Photo
De  Manuel Ribeiro com Agências
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O nadador português sagrou-se bicampeão mundial dos 50 e dos 100 metros mariposa. Os mundiais de natação a decorrer em Doha, no Qatar, correram de feição para o jovem de Coimbra.

PUBLICIDADE

Diogo Matos Ribeiro terminou a prova de 100m mariposa, no sábado, em 51,17 segundos e arrecadou um novo recorde nacional. Na sexta-feira, o atleta demonstrou estar a atravessar um bom momento de forma ao ultrapassar a meia-final com 51,30 segundos.

Na prova de 100m mariposa, Diogo Ribeiro seguia no segundo lugar, ao ultrapassar a barreira dos 50m, e acabou por superar o austriaco Simoon Bucher (51,28) e o polaco Jakub Majerski (51,32) nos momentos finais dos 100 metros, tornando esta uma prova emocionante para quem assistiu.

Natural de Coimbra, o nadador de apenas 19 anos, venceu na semana passada a medalha de ouro em 50m mariposa, a primeira para Portugal. Com o ouro nos 100m da mesma categoria, Diogo Matos Ribeiro tornou-se no primeiro nadador masculino português a subir ao pódio de um Mundial que integra o programa olímpico. Ribeiro já tinha subido ao pódio em Fukuoka, no Japão (com prata nos 50m).

A segunda vitória dos 100m mariposa representam uma distância olímpica, deixando boas perspetivas para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 para o nadador português que “sonha com melhores marcas”, disse ao portal do Comité Olímpico.

Diogo Ribeiro tem ainda mais uma prova no domingo, 4x100 estafetas, antes de terminar a sua prestação nestes mundiais aquáticos do Qatar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jogos Olímpicos 2024: má qualidade da água do Sena obriga a cancelar prova de natação

Homens vão poder competir na Natação Artística nos JO de 2024

Natação subterrânea: uma estafeta inédita atrai centenas na Polónia