Seis mil pessoas protestam em Wolfsburgo contra a extrema-direita

Protestos acontecem na sequência de relatos que acusam grupos extremistas de se reunirem para discutir a deportação de milhões de imigrantes
Protestos acontecem na sequência de relatos que acusam grupos extremistas de se reunirem para discutir a deportação de milhões de imigrantes Direitos de autor cleared
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerca de 6 mil pessoas participaram numa manifestação na cidade alemã de Wolfsburgo, no noroeste do país. Outras manifestações ocorreram em cidades como Hanover, Magdeburgo, Bochum, Rietberg e Essen.

PUBLICIDADE

Cerca de 6 mil pessoas participaram numa manifestação na cidade alemã de Wolfsburgo, no noroeste do país, no domingo, para protestar contra a extrema-direita do país, segundo números das autoridades.

Esta foi a mais recente de uma série de manifestações em todo o país nas últimas semanas contra a extrema-direita na sequência de relatos de um encontro em Potsdam em novembro para discutir um plano de "remigração" de estrangeiros e "cidadãos não assimilados".

Alguns membros do partido nacionalista Alternativa para a Alemanha (AfD) terão participado nesta reunião.

De acordo com uma reportagem da rede de investigação Correctiv, o encontro secreto contou com a presença de representantes de vários partidos, incluindo o principal partido de oposição União Democrata-Cristã (CDU), bem como membros de grupos neonazis.

Outras manifestações ocorreram em cidades como Hanover, Magdeburgo, Bochum, Rietberg, Essen e noutras cidades mais pequenas durante o fim de semana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Governo alemão aperta o cerco à extrema-direita

Polémica com AfD na Alemanha reabre debate sobre proibição da extrema-direita

Protestos em massa na Alemanha contra a extrema-direita