Praias de desembarque do Dia D podem ser consideradas Património Mundial da UNESCO

Em junho assinalam-se 80 anos dos desembarques do Dia D
Em junho assinalam-se 80 anos dos desembarques do Dia D Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

UNESCO voltou atrás com posição de não classificar locais de guerra como Património Mundial. Praias de desembarque do Dia D na Normandia poderão vir a ser consideradas nas candidaturas.

PUBLICIDADE

As famosas praias de desembarque do Dia D da Segunda Guerra Mundial podem em breve ser consideradas Património Mundial. 

Até agora, a UNESCO recusava-se a classificar locais de guerra como Património Mundial. Contudo, a agência das Nações Unidas mudou de ideias e está pronta para estudar novas candidaturas.

A 6 de junho de 1944, cerca de 150 mil homens desembarcaram nas praias de Omaha, Juno ou Gold Beach na Operação Overlord para libertar a Europa da ocupação nazi.

A poucos meses de se assinalarem os 80 anos dos desembarques do Dia D, a decisão da UNESCO é ainda mais relevante, uma vez que estas praias serão em breve as únicas testemunhas em primeira mão de um dia gravado nas memórias da Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bolero é Património Cultural Imaterial da UNESCO

Kuldīga: por que razão deve visitar a cidade da Letónia que é Património Mundial da UNESCO?

Que lugares europeus serão acrescentados à lista do Património Mundial da UNESCO?